5 erros na cozinha que trazem riscos à saúde

Muita gente mantém certos hábitos na cozinha que não são exatamente adequados. Isso porque algumas ações, relacionadas à manipulação e armazenamento dos alimentos, representam um grande risco à saúde.

Um levantamento recente realizado pelo Centro de Pesquisa de Alimentos, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP, revelou quais são os erros culinários mais comuns praticados pelos brasileiros.

Segundo a pesquisa, realizada com 5 mil pessoas de todos os Estados brasileiros, cerca de 46,3% afirmaram ter o hábito de lavar carnes na pia da cozinha.

Essa prática, independente da superfície, não é eficiente na remoção de bactérias. Ao contrário: ajuda a espalhar potenciais patógenos em utensílios da cozinha e até em outros alimentos.

Já 24,1% dos entrevistados têm o costume de comer carnes mal cozidas. Além disso, 17,4% disseram consumir ovos crus ou mal cozidos em maioneses caseiras e outros pratos.

Consumir carnes ou ovos mal cozidos representa um alto risco. Como as bactérias não resistem ao calor, o cozimento a uma temperatura mínima de 74°C é o ideal para eliminar os microrganismos nocivos.

A respeito do armazenamento das carnes na geladeira, 57,2% dos participantes relataram armazená-las na própria embalagem do produto.

A prática, embora muito comum, aumenta o risco de contaminação de outros alimentos estocados no refrigerador por conta do gotejamento do sangue da carne. O ideal é utilizar um recipiente para isso.

Sobre os hábitos de higienização de verduras, 31,3% dos participantes revelaram fazer a limpeza somente com água corrente, enquanto 18,8% disseram usar água corrente e vinagre.

Já para a higienização de frutas, 35,7% disseram lavar apenas com água corrente e 22,7% afirmaram fazê-la com água corrente e detergente.

No caso da higienização de legumes, frutas e verduras, o ideal é mesmo lavar bem os alimentos em água corrente para eliminar a sujeira visível e qualquer microrganismo que possa fazer mal à saúde.

De acordo com especialistas, o vinagre, que costuma ser muito utilizado na higiene de alimentos, não faz a desinfecção das verduras, mas pode servir para ajudar a remover a sujeira visível.

Além disso, o hábito de lavar frutas com detergente pode deixar resíduos químicos na casca do alimento (a não ser que seja muito bem enxaguado).

Para garantir que esses alimentos estejam realmente desinfetados e limpos, o recomendado é deixá-los de molho em uma solução de hipoclorito de sódio na concentração de 2,0% ou 2,5%.

Deve-se utilizar uma colher de sopa do produto (ou duas colheres de hipoclorito de 1%) para cada litro de água e deixar os alimentos imersos por dez minutos. Depois, é só lavá-los com água filtrada.

Por fim, vale reforçar que é preciso lavar bem as mãos antes de começar o preparo de qualquer alimento e higienizar bem os utensílios necessários. Assim, sua saúde fica sempre protegida!

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui