8 coisas que
você deve
discutir com seu
ginecologista




Relatar mudanças ou
incômodos na região
íntima é essencial para
garantir a saúde do
corpo da mulher.



Menstruação dolorosa: 

dores que pioram com o
passar do tempo podem
ser sintomas de
condições graves,
como endometriose.



Cheiro ruim na região
íntima:


se o odor vaginal se tornar
ruim ou diferente, mesmo
com a higienização, pode
ser sinal de infecções.



Dor durante o sexo: 

além do ressecamento do
canal vaginal, o incômodo
também pode ser sinal de
doenças como o
vaginismo.



Erupções cutâneas:

o aparecimento de pontos
de inchaço próximo à vagina
pode ocorrer por diferentes
causas, incluindo doenças
como herpes.



Sangramento na relação: 

mesmo que em pequena
quantidade, vestígios de
sangue podem ser sinal
de condições como
infecções e úlceras.



Incontinência urinária:

ir ao banheiro com
frequência ou soltar a
urina involuntariamente
são situações que podem
atrapalhar a rotina e o
bem-estar.



Menstruação irregular: 

mesmo que, a princípio,
não pareça algo grave,
pode ser sintoma de
endometriose e síndrome
dos ovários policísticos.



Baixa libido: 

a falta de desejo sexual
ocorre por fatores
emocionais ou pelo uso
de medicamentos e só
um médico pode ajudar
no tratamento.

CURTIU? 

Clique aqui e leia mais
no Minha Vida!