9 tipos de terapia:
como escolher
a melhor





A psicoterapia tem
sido cada vez mais
aceita e procurada pela
população. Mas como
saber qual é a melhor
abordagem para você?

Conheça 9 tipos de linhas
psicoterapêuticas que
ajudam a lidar com
problemas como depressão,
ansiedade e dificuldade
com relacionamentos,
além de auxiliar no
autoconhecimento.

Primeira escola da
psicoterapia, foi criada
por Sigmund Freud.
Seu objetivo é resgatar
e reintegrar o inconsciente
do paciente, seja dos
sonhos até o que nunca
é acessado.


Psicanálise

Nela são avaliados os padrões e esquemas mentais do paciente até chegar à sua crença central, que dá origem às disfunções 
comportamentais.

Terapia cognitivo-
comportamental




Na linha psicoterapêutica
desenvolvida por Jung, os
sonhos são investigados
como uma personificação
do inconsciente.





Análise Junguiana

Analisa e modifica o comportamento
do indivíduo. Para ela,
as ações dependem das
seguintes relações:
estímulo antecedente,
resposta comportamental
e consequência.

Comportamental /
Behaviorismo


A corrente humanista foca
na autoestima. O terapeuta
não trata neuroses ou
identifica as causas de um
problema, mas proporciona
um ambiente acolhedor para
o crescimento do indivíduo.



Humanista

Tem como objetivo criar maior consciência e evidenciar aspectos do indivíduo que ainda estão pouco revelados e promover a aceitação de sua experiência de
estar no mundo.


Gestalt

O método traz um olhar
sistêmico com foco no
relacionamento entre as
pessoas. Normalmente, ela
é indicada quando nota-se
dificuldades profundas de
interação entre membros
da família.


Terapia familiar

É indicada quando os
envolvidos não conseguem
resolver os problemas do
dia a dia, além de cuidar
dos parceiros e da
relação para o bem-estar
de cada um.


Terapia de casal


É importante considerar
os objetivos do indivíduo,
o que quer tratar, quais
mudanças está disposto a
realizar e em quanto tempo
espera ver resultados.
Tudo isso varia.



Como escolher a terapia

CURTIU?