Alergia ao frio?
Entenda como isso acontece

Quando o clima esfria, é comum que algumas pessoas comecem a sentir algum tipo de coceira na pele. E há um motivo específico para isso acontecer.

Segundo a imunologista Rosane Bergwerk, em dias mais gelados é normal que o corpo sinalize a chamada urticária ao frio.

Conforme explica a médica, a urticária ao frio é uma reação alérgica que se manifesta pelo aparecimento de placas vermelhas, inchaço e coceira no corpo.

Urticária ao frio

Essa reação alérgica ocorre principalmente quando o corpo é exposto a uma mudança de temperatura ou entra em contato com água, líquido, vento e objetos gelados.

Normalmente, os olhos (pálpebras), as orelhas, a boca, as mãos e a região genital são as mais afetadas. Mulheres e jovens de 20 a 30 anos são as mais atingidas.

Esse tipo de alergia pode ser hereditário ou mesmo adquirido. É decorrente de infecções (hepatite, HIV, mononucleose infecciosa, sífilis e infecção respiratória por Mycoplasma pneumoniae).

Esse teste é usado em casos de urticária primária para saber se exposta ao frio (e após quanto tempo) a pessoa apresenta reações alérgicas.

Teste do cubo

Para o teste, aplica-se um cubo de gelo em um saco plástico no antebraço de três a cinco minutos. O resultado é positivo se aparecer uma lesão avermelhada e coceira na pele de cinco a quinze minutos.

O tratamento é feito com anti-histamínico, corticosteroides e até mesmo antibióticos. E, claro, evitar os gatilhos que geram a reação alérgica.

Tratamento

Saiba como prevenir a rinite no Minha Vida!

Clique aqui e leia mais