Aspartame: adoçante faz mal? Quando é indicado?

O aspartame é um adoçante artificial de baixo valor calórico, sendo capaz de adoçar cerca de 200 vezes mais que o açúcar, com apenas 4 calorias por grama.

Por isso, o principal benefício do aspartame é o auxílio em dietas para controle de peso, quando usado no lugar do açúcar, juntamente com uma dieta saudável.

O aspartame também é frequentemente indicado para pessoas com diabetes como forma de controlar a glicemia no sangue.

Diabetes

Entretanto, seu consumo possui algumas contraindicações e deve ser feito, preferencialmente, com a orientação de um nutricionista.

O uso do aspartame é contraindicado para pessoas com  fenilcetonúria, uma doença genética rara.

Aspartame faz mal?

Além disso, pesquisas indicam que o consumo excessivo de aspartame pode causar dor de cabeça, tontura, náusea e vômito.

Consumir altas quantidades desse adoçante também pode alterar a microbiota intestinal, o que prejudica o processo de digestão.

Dessa forma, o aspartame, assim como o açúcar, deve ser consumido com moderação para evitar qualquer desequilíbrio ou desconforto no organismo.

E fique sabendo que a quantidade diária de aspartame recomendada pelo Comitê Científico de Alimentação e Saúde da ONU é de 40 mg para cada quilo do peso corporal.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui