Bebês podem nascer com o tom de pele diferente dos pais?

Um casal brasileiro recebeu comentários preconceituosos após postar uma foto de seu filho recém-nascido nas redes sociais. Nos posts, foi questionada a origem do bebê.

Isso porque o filho do casal nasceu com a pele mais clara do que a dos pais, de origem negra. A realidade é que nem sempre o bebê tem os mesmos traços de seus genitores!

Quando falamos de negros no Brasil, precisamos lembrar que somos um país altamente miscigenado e que pessoas negras possuem uma gradação muito grande na pigmentação de pele.

Cor da pele

A cor da pele é uma característica complexa. Se os genes herdados dos pais tenderem a compor a "paleta de cores" mais claras, o filho terá uma cor de pele mais clara.

Outro fator importante é a exposição ao meio ambiente. O bebê, por ficar dentro do útero por nove meses, ainda não tem a interação com o meio que forma as características físicas finais.

Assim como a pele pode mudar com os anos e ganhar mais pigmentação, pais negros podem gerar bebês de pele clara que não sofrem alteração da cor e mantém a pele clara com o passar do tempo.

Tom da pele

Isso pode ocorrer tanto por uma condição, como o albinismo, quanto por uma herança familiar. A combinação de variações nos genes da mãe e do pai pode determinar a cor da pele do bebê, por exemplo.

A textura e a cor dos fios também são uma herança dos genes dos pais e, conforme a criança cresce e os hormônios aumentam, os fios podem mudar!

Textura do cabelo

Por isso, quando falamos de cor da pele, dos cabelos ou dos olhos, precisamos olhar de uma forma ampla, pois são heranças complexas e que devem ser respeitadas.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui