Beta HCG: quando
fazer o exame
além da gravidez?

O beta HCG é um hormônio
produzido pelo organismo
durante a gestação pelas células
precursoras da placenta.

Ele é um componente do HCG
(gonadotrofina coriônica humana),
hormônio específico da gravidez.
Por isso, esse exame é usado no
diagnóstico da gestação.

O exame de beta HCG de
laboratório verifica taxas
desse hormônio no sangue
em quantidades bem baixas -
tornando o teste ainda mais
sensível do que o de farmácia.

No entanto, ele também pode
ser útil para verificação do
andamento dessa gestação,
caso se desconfie de algum
problema.

Se a gestante tiver um sangramento ou se o médico suspeita de gravidez ectópica, a quantidade do hormônio pode ser verificada.

O beta HCG também pode ser usado no diagnóstico de alguns tumores que têm origem na gestação, como a mola hidatiforme, já que eles também produzem esse hormônio.

O exame beta HCG feito em laboratório mede os níveis do hormônio no sangue enquanto os testes de farmácia fazem a medição na urina.

Apesar dos exames de beta
HCG pela urina serem cada
vez mais sensíveis, o exame de
sangue ainda é a confirmação
oficial da gravidez.

Isso porque o exame de
sangue é mais sensível à
oscilação hormonal e oferece
um resultado mais seguro
desde o primeiro dia de atraso
da menstruação.

Os níveis de beta HCG no corpo podem ser alterados quando a mulher tem algum tumor ovariano ou de origem embrionária ou se ela usa algum medicamento que contenha beta HCG.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui