Mitos e verdades sobre o câncer de próstata

Apesar de ser bastante comum, o câncer de próstata ainda é cercado de mitos e tabus. Veja as 10 crenças equivocadas sobre a doença:

Quem tem histórico familiar positivo, o risco é maior - mas quem vive além dos 40 anos de idade pode desenvolver câncer da próstata.

1. O risco só existe para quem tem histórico familiar

Se identificado precocemente, o câncer da próstata pode ser curado. Por isso é fundamental fazer exames periódicos envolvendo a glândula a partir de certa idade.

2. O câncer da próstata não tem cura

O exame é rápido, sem dor e feito uma vez por ano. Vale lembrar que o toque retal é a única forma de diagnostico e não pode ser substituído por outros exames.

3. O exame da próstata é muito doloroso

O câncer da próstata é o segundo tumor maligno mais comum aos homens, perdendo apenas para o câncer de pele. Exatamente por isso, merece toda a atenção.

4. O câncer da próstata é raro

O câncer de próstata pode ser silencioso no início. Esperar por um sintoma apenas ocasionará no risco da doença ser diagnosticada em fase avançada.

5. Não sinto nada e por isso não devo ir ao médico

Em mais de 80% dos casos, a próstata cresce de maneira benigna conforme a pessoa envelhece - o que não se trata propriamente de doenças.

6. Qualquer aumento da próstata é doença

Por ser um procedimento radical, o risco de disfunção erétil existe - em cerca de 70% dos homens. Mas há tratamento para a disfunção pós-prostatectomia.


7. Quem opera a próstata fica “impotente”

A prostatectomia radical pode, sim, causar incontinência urinária. Contudo, ela é transitória
e melhora com a ajuda da fisioterapia.


8. Cirurgia para câncer da próstata causa incontinência urinária

Para homens com diagnóstico de câncer da próstata na glândula, tanto a cirurgia quanto a radioterapia conformacional apresentam a mesma eficácia.

9. A prostatectomia radical é a única opção

Ainda que nesse grau a
doença não tenha cura, sempre existe alguma maneira de tratar. Quanto mais precoce for o diagnóstico, mais eficaz o tratamento.


10. Não há o que fazer em caso de tem metástases

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui