Como diminuir
o envelhecimento da pele provocado
pela menopausa

A menopausa é um período
de muitas mudanças no corpo. É nela que hormônios como o
estrogênio e a progesterona
deixam de ser produzidos,
provocando a interrupção
da menstruação.

Este ciclo de transformações afeta o organismo como um todo e a pele não fica de
fora nesse processo.

A pele envelhece naturalmente pela falta de hormônios. Isso acontece porque essas substâncias interferem na produção de colágeno e ácido hialurônico, dois compostos valiosos
para a derme.

Em média, a menopausa ocorre entre os 48 e 51 anos. Junto com ela, fatores ambientais e certos hábitos diários também podem interferir no envelhecimento da pele.

Poluição, tabagismo e a exposição solar desprotegida aceleram (e muito) o processo de envelhecimento do corpo.

Para evitar que esse processo interfira no bom funcionamento e na aparência da pele, é preciso seguir alguns cuidados especiais. Dentre eles, o uso diário do protetor solar.

Adotar uma alimentação saudável e rica em nutrientes impacta diretamente na saúde do organismo, combatendo o envelhecimento precoce.

Outra recomendação importante é realizar uma limpeza de pele regularmente, de preferência com um profissional habilitado.

Você também pode reforçar os cuidados usando cremes com compostos anti-idade, como o ácido hialurônico e a niacinamida.

Ao adotar todas essas orientações no dia a dia,
junto com o acompanhamento
médico periódico, sua pele
sofre menos com os
impactos da menopausa.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui