Como limpar o nariz do bebê corretamente?

Não são só adultos que sofrem com sintomas gripais! O tempo seco e problemas respiratórios podem maltratar (e muito!) o nariz dos bebês.

A higienização correta é o melhor método para que a criança não fique com o nariz entupido. E, se feita corretamente, protege até de problemas respiratórios.

Mas é preciso cuidado: crianças têm as suas estruturas delicadas e é preciso utilizar os instrumentos corretos para tal.

Primeiro, aplique o soro fisiológico puro no nariz do bebê com o auxílio de um conta gotas, enchendo entre um quarto ou metade dele.

Como higienizar o nariz do bebê?

Após a aplicação, comprima o aspirador nasal, encaixando-o em seguida à abertura da narina. Retire a pressão dos dedos suavemente na “perinha”.

Por aspiração, a secreção é sugada para o interior do aspirador nasal. Após realizar todo o processo, é fundamental higienizar o aparelho. Quanto antes, melhor!

A limpeza deve ser feita com água corrente e sabão neutro para evitar o crescimento de germes no interior. Caso não seja feita, a lavagem pode acabar perdendo seu efeito.

Evite o uso de haste de algodão. Por ter uma espessura maior que a abertura do orifício nasal, ela pode causar traumatismos na mucosa nasal do seu bebê.

Cuidados

Em vez da haste de algodão, prefira o aspirador nasal, que é bastante útil para evitar infecções causadas pelas secreções que ficam no nariz e pode ser usado em casa.

Não há idade certa para fazer a lavagem. O ideal é fazer desde sempre e todos os dias, cerca de 2 a 6 vezes.

A partir de que idade a limpeza deve ser feita?

Veja como tratar a congestão nasal no Minha Vida!

Clique aqui e leia mais