Conheça os
prejuízos do
jejum prolongado
ao organismo

O jejum é uma prática
bastante utilizada para
promover emagrecimento
por meio da queima dos
estoques de gordura corporal.

Essa prática, porém,
se realizada por longos
períodos pode causar sérios
prejuízos para a saúde.

O primeiro deles é
no metabolismo: 

com a falta de nutrientes,
o organismo reduz o ritmo
de funcionamento com o
objetivo de economizar
energia, alterando as
funções metabólicas.

Outra parte do
corpo bastante
afetada é o cérebro: 

o jejum diminui o nível
de glicose no sangue,
atrapalhando a capacidade de
raciocínio e concentração.

A musculatura também é prejudicada: 

com a falta de nutrientes
para produzir energia, o
 corpo começa a queimar
reservas musculares,
diminuindo a força muscular.

O jejum ainda induz uma baixa de potássio: 

isso causa arritmia cardíaca,
além de queda da pressão
 sanguínea e da frequência
respiratória, oferecendo
riscos à saúde do coração.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui