Consumir nozes pode te ajudar a viver mais

Cientistas da Universidade
de Harvard (EUA) apontam que o consumo regular de nozes está relacionado ao aumento da expectativa de vida.

A pesquisa analisou dados de 67 mil mulheres e 26 mil homens, com idade média de 63 anos, acompanhados por duas décadas e monitorados quanto a seus hábitos de vida e atividades físicas.

A dieta de cada pessoa também foi atualizada a cada quatro anos - especialmente no que diz respeito à quantidade de nozes e castanhas consumida.

O consumo de cinco ou mais porções semanais de nozes (cerca de 28g) está ligado a uma queda de 25% no risco de morte por doenças cardiovasculares.

Resultados

Em comparação ao não consomo nozes, pessoas que incluíram a oleaginosa em suas dietas apresentaram, em média, expectativa de vida maior em 1,3 ano. 

Mesmo quem não consome nozes com tanta frequência podem se beneficiar dela. O risco de morte era 13% menor entre os participantes que comem o alimento de duas a quatro vezes por semana.

Os pesquisadores observaram que as pessoas que consumiam nozes mais regularmente também eram mais fisicamente ativas e com bons hábitos alimentares. 

Hábitos de vida impactam na longevidade

O consumo de nozes está ligado a hábitos saudáveis que impactam diretamente na expectativa de vida e na saúde geral do organismo, reduzindo o risco de morte por doenças cardiovasculares. 

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui