Cordão de girassol:
o que significa?

Talvez você já tenha se deparado com alguém na rua utilizando um cordão de girassol no pescoço e se perguntou sobre o que seria aquilo.

Em 2016, o cordão foi usado por funcionários do Aeroporto de Gatwick (Londres) para chamar atenção de pessoas que precisavam de suportes adicionais.

A princípio, o cordão era utilizado apenas em aeroportos. Atualmente, por conta da sua efetividade entre pessoas com deficiências ocultas, ele tem sido usado em diferentes contextos.

Basicamente, são as deficiências que não estão visíveis aos olhos da população.

O que são deficiências ocultas?

Dentre as deficiências ocultas estão: autismo, TDAH, demência, doença de Crohn, síndrome de Tourette, paralisia cerebral, deficiência intelectual, auditiva ou visual e colite ulcerosa.

As principais características dessas deficiências estão relacionadas à interação social, à comunicação, a comportamentos restritivos e a destemperos.

O cordão de girassol pode ser encontrado em lojas virtuais especializadas em produtos para pessoas com deficiência. O valor costuma variar entre 15 e 20 reais.

Onde comprar

Além de auxiliar a pessoa com deficiência oculta, o uso do cordão também pode trazer uma série de benefícios, como:

Importância do cordão de girassol

Ajuda na locomoção e para ler placas de sinalização, isenção de processos rotineiros de segurança e exclusão de necessidade para permanecer em filas.

Além disso, ele também pode ajudar na disponibilidade de salas sensoriais, recebimento de mais detalhes sobre produtos e serviços do estabelecimento e mais tempo de check-in em aeroportos.

Saiba sobre autismo no Minha Vida!

Clique aqui e leia mais