Cuidados para
acabar com o
cálculo renal


Confira alguns cuidados
que os especialistas
recomendam para evitar
que a pedra no rim se
desenvolva e até ajudam
o corpo a expeli-la
naturalmente.



Hidrate-se bem:

a ingestão de líquidos
acima de dois litros por
dia deixa a urina menos
concentrada, auxiliando
a diluição dos cristais.


Atenção redobrada
em dias quentes: 

o principal motivo é a
maior perda de líquido
pela transpiração,
levando a uma urina
mais concentrada.



Evite o excesso de álcool: 

o consumo de álcool em
grandes quantidades pode
levar à desidratação e à
elevação no ácido úrico,
que pode agravar o
surgimento das pedras.



Modere no sal: 

a ingestão elevada leva a
uma maior excreção de
sódio pelo rim, o que pode
aumentar a produção de
cálcio, fósforo e ácido úrico,
causando a pedra no rim.


Cuidado com proteínas
e cálcio:

excesso de proteína
animal aumenta a
secreção de ácido úrico
urinário; já a restrição do
cálcio é aplicada a pessoas
que desenvolveram
pedras formadas por
esse nutriente.


Tratamento clínico
e cirúrgico: 

se você já tem pedra no
rim, converse com seu
médico para descobrir
qual é o método mais
adequado para o seu caso.



Fique atento: 

se você está desconfiando
que o seu cálculo renal
pode ser sintoma de
qualquer complicação
mais grave, procure um
especialista rapidamente.

CURTIU? 

Clique aqui e leia mais
no Minha Vida!