Veja exercícios para controlar a pressão alta

Sabe-se que a hipertensão pode ser uma condição genética, mas
também ser causada pela obesidade, pelo consumo excessivo de sal, pelo tabagismo, entre outros fatores de riscos.

Por isso, quem tem pressão alta deve estar sempre de olho em seus hábitos diários (alimentação e sono, por exemplo) e em doenças relacionadas que podem contribuir para a hipertensão.

Apesar de não ter cura, a hipertensão pode ser controlada com mudanças no estilo de vidamedicamentos. É aí que entram os exercícios físicos.

De acordo com a personal trainer Bruna Crivellaro, o sedentarismo é um fator intimamente ligado
à ocorrência de hipertensão.

Exercícios físicos: por que fazem bem?

Portanto, a prática de atividades físicas é importante tanto para controlar a condição como para preveni-la.

Para controlar a pressão arterial, é recomendado a prática de atividades leves a moderadas (40 a 60 minutos de duração).

Como fazer?

Os treinos devem ser realizados de três a quatro vezes por semana e os mais indicados são os exercícios aeróbicos e os de musculação.

As atividades aeróbicas são as mais recomendadas para os hipertensos. Natação, caminhada, ciclismo e corrida são alguns exemplos.

Aeróbicos

No caso da musculação, é recomendado que sejam feitas de duas a três séries (12 a 15 repetições cada) e pausas entre elas para diminuir a pressão arterial antes de uma nova sequência.

Musculação

Esse treino de musculação, aliado ao aeróbico, auxilia no condicionamento físico e cardiorrespiratório, no metabolismo, na resistência muscular e, consequentemente, na qualidade de vida.


Ao praticar exercícios físicos, a pessoa com pressão alta precisa tomar alguns cuidados. Os principais são evitar esforços muito intensos e bloqueio de respiração.

Cuidados

Além disso, é importante sempre medir a pressão arterial
antes, durante e depois dos treinos, além de evitar
cargas muito pesadas.

Veja mais sobre a hipertensão
em Minha Vida!

Clique aqui e saiba mais