Explante de
silicone: como é
e quando fazer






Explante de silicone é o nome que se dá à cirurgia de remoção definitiva das próteses de silicone.

Neste procedimento, além
da retirada do silicone, 
é removido o excesso de 
pele e realizada uma 
remodelação da região, 
que pode ser feita com 
enxerto de gordura.

O principal motivo para a realização da cirurgia é o descontentamento com o tamanho dos seios. Geralmente a paciente deseja substituir a prótese por uma menos volumosa.

Mas, em casos de infecção
na mama, o procedimento
é obrigatório. Apesar 
de raro, o quadro pode 
causar um endurecimento
da cápsula ao redor 
do implante, sendo 
necessária a remoção.

A cirurgia de explante de silicone é feita por uma incisão ao redor da aréola, na axila ou abaixo dos seios, e dura em média 90 minutos. O pós operatório é bastante tranquilo, e leva cerca de 30 dias.

Um dos efeitos mais 
comuns após a cirurgia,
principalmente quando 
as próteses são muito 
volumosas, é a flacidez 
dos seios.

Isso acontece porque 
o tecido cutâneo estava 
esticado e firme com a 
prótese. Com a retirada, 
é comum sobrar pele e 
as mamas ficarem mais
caídas e flácidas.

CURTIU?