Farpa no dedo: o
que acontece se
ficar na pele e
como tirar

Por ser um pedaço pequeno e
fino de madeira, a farpa pode
entrar com muita facilidade na
pele. Além disso, muitas vezes
pode não ser notada.

Normalmente, o corpo expele a
farpa de forma natural, através
da renovação da pele. Porém,
é possível que o corpo estranho
permaneça na epiderme se não
for removido.

O problema de uma farpa
permanecer no corpo é ela
estar contaminada por
fungos ou bactérias. Isso
pode gerar infecções.

Um quadro de infecção leva a
mais dores, sangramento na
pele e febre nos piores casos.

Além disso, dependendo
da gravidade da lesão e da
contaminação da farpa,
doenças como tétano e
abscessos podem surgir.

A farpa pode ser retirada com uma pinça esterilizada ou fita adesiva - sendo extraída ao ser puxada da pele.

É fundamental esterilizar objetos e limpar as mãos e a região ferida com álcool 70, água e sabão.

Se ela continuar na pele e
causar uma inflamação, o
ideal é procurar ajuda médica
nas primeiras 48 horas para
evitar uma piora do caso.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui