Grande parte dos transtornos mentais surge na adolescência

É normal assumir que a infância e a adolescência são fases despreocupadas e felizes, especialmente por acreditarmos ser uma época sem responsabilidades.

No entanto, grande parte dos transtornos mentais que acometem adultos provavelmente surgiram durante a adolescência. E o que isso nos diz sobre a nossa saúde mental?

Um estudo feito pelo hospital universitário Clínic de Barcelona, na Espanha, descobriu que os 17 transtornos mentais investigados na pesquisa aparecem antes dos 35 anos.

Segundo a pesquisa, ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada, por exemplo, surgem aos 13 anos. Já a anorexia costuma surgir aos 17 anos; a depressão aparece aos 30.

Para profissionais e especialistas da área, os transtornos mentais podem surgir a partir de fatores genéticos, biológicos, psicológicos e ambientais.

Como surge um transtorno mental?

Pode ser difícil dizer se o comportamento problemático de uma criança é apenas parte do crescimento ou um transtorno. Contudo, alguns sinais podem ser perceptíveis:


Como identificar?

• Acessos de raiva frequentes
• Insônia, pesadelos ou sonolência durante o dia
• Falta de interesse em interagir ou pelas coisas que gostava
• Dificuldade em fazer amigos
• Isolamento
• Falta de energia

O estudo reforça a importância dos cuidados com a saúde mental como forma de prevenir e até evitar a ocorrência desses quadros na vida adulta.

Importância dos cuidados com a saúde mental

A exposição a experiências traumáticas na infância pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro. A consequência é o risco de desenvolvimento de problemas psicológicos e comportamentais mais tarde.

Ter recursos e intervenções que promovam a importância da saúde mental pode servir como redes sociais de apoio, bem como ajudar as crianças e os jovens a regularem as próprias emoções.

Ao menor sinal de um comportamento disfuncional na criança ou no jovem, é de suma importância buscar ajuda especializada. Assim será possível tratar precocemente o transtorno e amenizar seus impactos.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui