Medo excessivo de engravidar tem nome: o que é a tocofobia?

Tocofobia é o termo que descreve o medo patológico de engravidar e/ou de realizar um parto. Diferente de um simples receio, esse quadro envolve sentimentos de repulsa e até crises de ansiedade.

Apesar de não ter uma causa específica, esse medo pode surgir a partir de experiências traumáticas, vivenciadas pela própria pessoa ou por alguém próximo.


De onde surge
a tocofobia?

A tocofobia pode ser dividida em dois tipos: a primária, que surge antes de engravidar; e a secundária, que aparece após alguma experiência, como aborto, parto prematuro ou violência obstétrica.

Além disso, baixa autoestima, abuso sexual, transtornos de ansiedade e casos de parto mal sucedido de familiares também podem motivar o surgimento desta fobia.

• Medo profundo de engravidar;
•Descontrole emocional ao falar do assunto;
• Crises de ansiedade;
• Pesadelos;
• Insônia;
•Depressão antes e pós-parto

Sintomas da tocofobia

A tocofobia, além de prejudicar a saúde, impacta também nas relações interpessoais: a pessoa pode desenvolver repulsa por relacionamentos e se privar de ter uma vida íntima.

E apesar de estar intimamente ligada ao útero, homens também podem desenvolver a tocofobia, ainda que com uma frequência bem menor.

A diferença entre a tocofobia e não querer ter filhos é a possibilidade de escolha: quem tem tocofobia pode querer ser mãe, porém, acaba barrada pelo medo.

Não quero ter filhos. Tenho tocofobia?

Especialistas explicam que a obrigação e a pressão social de que "toda mulher nasceu para ser mãe" pode provocar e até potencializar os sintomas da tocofobia.

O tratamento do quadro é feito com psicoterapia, a fim de entender o gatilho para o medo e saná-lo. Dependendo do caso, também pode ser necessária ajuda psiquiátrica.


Como tratar tocofobia?

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui