O que fazer se comer demais em uma festa?

Com as celebrações de fim de ano, época dos almoços e das ceias em família, as refeições costumam ser completas e muitas pessoas podem achar que "comeram demais".

Por isso, surge o sentimento de culpa e a ideia de compensar a alimentação "em excesso". No geral, muitos optam por uma restrição alimentar para perder peso, mas essa pode não ser a melhor opção.

O primeiro passo é não se privar de comer algum alimento para não engordar. A privação gera mais fome, ocasionando desejo e pensamento fixo em comida.

Como cuidar da alimentação nas festas?

Assim, entramos em um ciclo de excessos alimentares, gerando restrições que, por sua vez, prejudicam a saúde mental e o metabolismo corporal. E, com isso, fica mais difícil perder peso.

A melhor opção é não ter medo de comer e ter consciência do seu comportamento alimentar, sabendo dizer "não" se estiver satisfeito. A percepção do quanto, como, por que e o que comer é fundamental.

Para desenvolver essa consciência, comece a se questionar "eu estou/ainda estou com fome?" ou "eu comeria uma maçã agora?". Se a resposta for "sim", coma mais um pouco.

Comportamento alimentar

Porém, se você já percebeu que não está com fome, o que te faz comer? Sua fome é do que, de comida ou falta de outra coisa?

Pensar no momento presente e perceber o corpo, a respiração, a fome e a saciedade contribuirão para que os excessos não ocorram. Mas lembre-se: o foco é ganhar consciência dos seus pensamentos.

Se o seu foco é perder peso, a maneira mais correta de agir após comer "demais" é voltar à rotina normal, sem culpa, sem tentar se privar ou fazer compensações.

Se você adquirir uma nova consciência alimentar, o peso não será um problema. Por isso, aproveite as celebrações e encare a comida como um prazer e não algo a ser evitado.

Clique aqui e leia mais

Curtiu? Veja mais dicas no Minha Vida.