Percentual de gordura: como calcular e qual
o valor ideal?

Durante o emagrecimento, é importante que, além do peso, a pessoa esteja atenta também à porcentagem de gordura. Isso porque, a partir dela, é possível dividir o corpo entre massa magra e massa gorda.

A massa magra é formada por músculos, órgãos e sangue, enquanto a massa gorda é formada pela gordura do corpo. Assim, é possível saber o que acontece no processo e fazer os ajustes necessários.

Por exemplo, se uma pessoa perdeu dois quilos de gordura, mas aumentou dois quilos de massa magra, a balança não vai mexer e toda a composição foi modificada para melhor.

Porém, muitas vezes, algumas pessoas que não estão atentas ao percentual de gordura podem pensar que, mesmo com os treinos, não houve alteração no peso ao checar na balança.

Os dois principais métodos para medir a porcentagem de gordura são as dobras cutâneas e a bioimpedância elétrica. Saiba mais sobre os métodos a seguir.

Como calcular?

O teste é realizado com um adipômetro, aparelho parecido com um alicate que mede a gordura subcutânea em milímetros através das dobras cutâneas.

Dobras cutâneas

É realizado por meio de um aparelho capaz de mandar
um estímulo elétrico de baixa voltagem que atravessa os hemisférios do corpo e fornece o valor da quantidade de água corporal.

Bioimpedância elétrica

No caso das dobras cutâneas, o cálculo é feito a partir da somatória de todas as dobras de acordo com o protocolo, que varia conforme o perfil da pessoa.

Depois, o valor é usado em
uma equação que encontra a densidade corporal. Esse resultado da densidade corporal é usado em outra equação que vai, por fim, encontrar o percentual de gordura.

No geral, o profissional que aplicará o teste indica procedimentos prévios, como não realizar atividades físicas por 24 horas, não ingerir bebidas alcoólicas ou urinar 30 minutos antes do teste.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui