Por que a poluição
do ar acelera o envelhecimento
da pele?

Quando pensamos em poluição, é normal relacionar esse conceito a substâncias tóxicas, sujeira e outros malefícios.

E não está errado! Os poluentes são substâncias que existem no ar, mas que não estão presentes na atmosfera original.

Ou seja, eles podem ser substâncias biológicas, físicas ou químicas que alteram a composição original do ar.

E a poluição do ar pode ser formada a partir dos gases poluentes emitidos desde carros, fábricas, entre outros emissores dessas substâncias tóxicas.

Você sabia que a poluição do ar pode causar danos severos à pele e, consequentemente, acelerar o envelhecimento?

Com a queima desses gases na atmosfera, são formados os materiais particulados: fragmentos cinco vezes mais finos que um fio de cabelo que prenetram e agridem a pele em suas camadas mais profundas.

Assim, é desencadeado um aumento na produção de radicais livres, que causam danos às células sadias do corpo.

Logo, o processo de contato e absorção da poluição na pele resulta na oxidação que, em longo prazo, altera a formação das fibras de colágeno, ocasionando o aparecimento precoce de flacidez e rugas.

Além disso, os poluentes presentes no ar também favorecem a obstrução dos poros, o que contribui para o desenvolvimento de cravos e espinhas.

Alguns hábitos podem reduzir os danos dos poluentes à pele diariamente e retardar o seu envelhecimento, como:

Proteção solar
- Rotina saudável
- Limpeza de pele
- Skincare;

Como cuidar da pele contra a poluição

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui