Como saber se a prótese de silicone rompeu?

A cirurgia de prótese de silicone é uma alternativa para quem deseja alguma mudança na estética dos seios.

Todavia, o procedimento é cercado de dúvidas. Um deles é referente à possibilidade de rompimento da prótese.

Embora cause preocupações, o rompimento do silicone é raroApenas 10% das próteses se rompem.

Existem dois tipos de vazamento: o intracapsular e o extracapsular. O primeiro não oferece riscos à saúde; o segundo, entretanto, pede atenção.

A ruptura extracapsular é caracterizada pelo vazamento do conteúdo pela mama e pelo corpo. Isso ocorre pela qualidade ruim do silicone.

Quais os sinais?

Normalmente, os primeiros sintomas incluem endurecimento da cápsula da prótese, fisgadas na região, surgimento de nódulos e alteração no formato e na firmeza da mama.

Acidente de carro, quedas, cortes na região, prótese de baixa qualidade ou até mamografias feitas incorretamente, podem  gerar o rompimento do silicone. 

O que causa o rompimento do silicone?

Caso a pessoa sinta algum sintoma, é importante buscar ajuda imediata de um cirurgião plástico ou mastologista, que poderá solicitar a realização de exames. 

Se for confirmada a ruptura da prótese de silicone, é preciso remover a mama, o que inclui a prótese, o gel de silicone livre e a cápsula fibrosa ao redor do implante.

Seja qual for a situação, a retirada e a troca devem ser feitas em ambiente hospitalar. Além disso, se você optar por colocar outra prótese, a melhor indicação são as de alta qualidade.

Pessoa com silicone podem amamentar? Confira no Minha Vida!

Clique aqui e saiba mais