Reação
Emocional
Desproporcional
(RED):
o que é isso?

Você já se pegou sentindo
ansiedade ou preocupação
com situações que você sabe
que merecem a sua atenção,
mas que estão exigindo mais
energia do que o adequado?

Em situações como essas
você possivelmente acaba
desenvolvendo as Reações
Emocionais Desproporcionais
(RED). Mas o que é isso,
exatamente?

A RED acontece quando ativamos sentimentos fora de contexto - as chamadas "emoções carona", “requentando" experiências passadas e misturamos com fatos diferentes do presente.

Quem convive com a RED tem uma desconexão entre a percepção do momento presente e a somatória de vivências passadas, ativadas por meio de estímulos específicos.

A pessoa fica mais sensível, impaciente, irritada e até mesmo descompensada em determinadas situações.

Durante uma RED, o consciente pode até viver o momento presente, mas as emoções estão “somadas” a algo que incomoda no agora e em outros momentos de sofrimento e angústia.

RED ou preocupação comum?

Sentir emoções negativas faz
parte da normalidade, pois
emoções são mensageiras e
servem de alerta - é como um
alarme que toca para chamar
a sua atenção.

Em RED, porém, esse alarme tende a ser desproporcional, exagerado, gerando ansiedade. A pessoa não consegue enxergar o real peso da situação para uma tomada de decisão com assertividade e equilíbrio.

Como sair de uma Reação Emocional Desproporcional?

Para sair da RED e entrar
em um Estado Emocional de
EscolhiAção (EEE) é possível
aplicar dois exercícios.

Evite “filminhos mentais”: 

é normal a mente pensar
coisas, mas dar sequência a
uma “história” na cabeça com
desdobramentos negativos
não é adequado. Tente não dar
asas à imaginação.

Saia do duelo: 

pensamento positivo x negativo;
busque ter ações coerentes,
que lhe tirem dessa disputa.
Faça coisas mensuráveis que
lhe deem a experiência de
sair do desequilíbrio entre
uma ideia e outra.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui