Relacionamento
aberto: o que
saber para
começar um

O relacionamento aberto é
uma modalidade em que não
há exclusividade sexual. Por consenso, é permitido se envolver sexualmente
com outras pessoas.

Há quem já inicie um
relacionamento assim, há quem
transforme um relacionamento
monogâmico para um aberto.
A verdade é que não existe uma
fórmula ideal, mas sim o que
funciona para cada pessoa.

Uma das bases de qualquer relacionamento é o diálogo - e no relacionamento aberto não é diferente.

Antes de "abrir o relacionamento", converse, avalie a relação e estabeleça limites. Quanto mais claro e previamente combinado for, melhor - e mais seguras estarão as pessoas envolvidas.

O fato de ser aberto não significa que é mais fácil ou que vale qualquer coisa sem se importar com o que o outro sente. Respeito e compreensão são essenciais para que haja segurança e tranquilidade.

Mais um ponto importante: a decisão tem que ser consensual e não apenas um "aceitar para agradar", para não "perder o outro" ou para não acabar com o relacionamento.

Se assim for, há uma grande possibilidade de as pessoas envolvidas se machucarem.

É preciso estabelecer o que pode e o que não pode fazer. Por exemplo: pode sair mais de uma vez com a mesma pessoa? Pode dormir junto? É para falar ou não quando sai com alguém?

Diante da presença de sentimentos negativos, como ciúmes, insegurança ou se rolar discussões, é melhor parar tudo e rever as regras e se vale insistir nessa modalidade.

O importante é manter o respeito, a cumplicidade e a transparência para que possam se sentir seguros e confortáveis.

Clique aqui e leia mais

Tudo para sua
saúde e bem-estar
você encontra aqui