Saiba como
estimular a
criança a se
alimentar bem


É normal que a criança
recuse alguns alimentos
durante a primeira
infância. Afinal, ela está
desenvolvendo novas
percepções e criando
preferências alimentares.


Entretanto, é preciso
observar se essa recusa
acontece apenas com
certos tipos de alimento,
como verduras e legumes,
pois isso pode indicar
seletividade alimentar.


Essa seletividade pode
acarretar diversos
prejuízos de curto a longo
prazo na vida da criança,
como anemia, falta de
vitaminas, desnutrição e
obesidade.


Para que isso não
aconteça, existem alguns
critérios simples adotados
pelos pais e cuidadores
que ajudam a estimular
uma alimentação mais
completa e nutritiva.



Invista no consumo de
alimentos frescos e
coma junto com a criança,
pois os pequenos
tendem a reproduzir o
comportamento dos adultos.




O primeiro é a qualidade.




Não obrigue a criança
comer tudo o que está
no prato e deixe ela ter
autonomia para dizer
quando está satisfeita.




Atente-se também à
quantidade. 




Ofereça alimentos com
cores, formas, texturas e
sabores diversos. Assim,
ela consegue escolher qual
agrada mais seu paladar.




A variedade também é
fundamental.



também é uma boa
estratégia, pois ela se
sente mais participativa
e já pode ir provando
alguns alimentos
durante o processo.



Preparar as refeições
junto com a criança 

CURTIU?