Sangramento no nariz: o que pode ser? 

O sangramento nasal é um evento que pode assustar, mas, de forma geral, não costuma indicar um problema grave. 

O simples ato de cutucar o nariz com o dedo pode gerar um sangramento, sabia? Isso porque a região possui muitos vasos sanguíneos superficiais, delicados e fáceis de serem rompidos.

O ar seco também pode ser a causa do sangramento de nariz, pois as membranas nasais secas ficam mais suscetíveis a hemorragias. 

Se você sofre com alergias, sinusite aguda ou crônica, rinite não alérgica ou desvio de septo, deve saber como essas condições respiratórias podem causar inflamações e  consequentes hemorragias. 

E, embora seja menos comum, um sangramento nasal pode ser causado por leucemia, tumor nasal, hemofilia ou ingestão de álcool. Fique de olho! 

Causas raras
do sangramento de nariz

Primeiro, mantenha a calma! Sente-se ereto e se incline para frente. Assim você reduz a pressão sanguínea nos vasos do nariz e desestimula o sangramento. 

Como parar um sangramento?

Depois, aperte seu nariz com o polegar e o dedo indicador para mantê-lo fechado (cinco a dez minutos). Isso pressiona o septo nasal e, normalmente, interrompe o fluxo de sangue. 

Para evitar que o sangramento volte, não assoe o nariz e evite curvar o corpo após a hemorragia por algumas horas. Nesse tempo, lembre-se de manter a cabeça acima do nível do coração. 

Após o ocorrido, é importante evitar qualquer irritação no nariz. Se possível, evite realizar exercícios. E tente não tomar medicamentos que possam interferir na coagulação sanguínea. 

Uma dica é: se você é propenso a sangramentos nasais, use um umidificador de ar em casa - especialmente durante o inverno, quando o clima é frio e seco. 

Mas, se o sangramento está relacionado a outro problema de saúde, siga as orientações do médico para manter o quadro sob controle.

Curtiu? Veja os principais cuidados para o sangramento nasal no Minha Vida!

Clique aqui e leia mais