Trans, travesti e drag queen: você sabe a diferença?

Ainda existem inúmeras dúvidas quanto ao uso de terminologias que se referem à identidade de gênero (termo usado para a forma como cada um se relaciona com o próprio gênero).

O primeiro passo para evitar erros é entender quem são esses indivíduos, como eles expressam suas identidades e qual é o seu papel social no mundo.

Afinal, equívocos podem colaborar para o preconceito contra grupos de pessoas não cisgêneros, especialmente contra pessoas transexuais. 

Pensando nisso, o Minha Vida reuniu uma lista de terminologias para compreender melhor quem são as pessoas trans, travestis e drag queens. Vem conferir! 

Pessoas transexuais são aquelas cujo gênero que se identificam não é o mesmo de seu sexo biológico, que se baseia nas características do indivíduo ao nascer. 

Pessoas trans

Nesse grupo, entram homens trans, mulheres trans e travestis. Algumas dessas pessoas realizam procedimentos para adequar a identidade de gênero à aparência física, como terapia hormonal,
por exemplo. 

Por outro lado, isso não é uma regra e existem pessoas que não realizam procedimento algum. 

O termo "travesti" é uma construção de gênero ligada à identidade de gênero feminina e oposta ao sexo biológico da pessoa.

Travestis

Embora o termo seja usado para designar uma pessoa trans, travestis não são, necessariamente, mulheres trans. Isso ocorre pois travestis não se identificam nem como homens e nem como mulheres.

Porém, existem indivíduos que se autodenominam "mulheres travestis" como uma forma de reforçar para a sociedade a sua identidade feminina.

Assim como mulheres e homens trans, existem travestis que também realizam procedimentos voltados ao uso de hormônios, colocam implantes e outros. Porém, isso varia de pessoa para pessoa! 

O termo "drag queen" é utilizado para se referir ao homem que usa roupas femininas em shows, eventos, entre outros usos para fins profissonais. 

Drag queen

Essa relação com os trajes está ligada a questões artísticas e é uma forma da pessoa expressar a feminilidade de sua personalidade.

Clique aqui e leia mais

Curtiu?
Veja mais dicas
no Minha Vida