Tratamento
caseiro para
estrias: veja o
que funciona

Porém, algumas pessoas
se incomodam com a
aparência das
marquinhas e querem
diminuí-las

Quase todo mundo tem
estrias, e elas não tiram
a beleza de ninguém! 

Veja a seguir o que os especialistas dizem sobre cada um deles.

Nem sempre os
tratamentos caseiros
funcionam.



A babosa

é o tratamento caseiro para
estrias mais próximo de ser
eficaz. Aparentemente ajuda um pouco graças aos
seus efeitos anti-
inflamatório e cicatrizante.



O óleo de amêndoas 

talvez seja a substância
mais usada para eliminar
estrias, mas usá-lo sozinho
para esfoliar a pele não
traz efeitos.


Esfregar fatias grossas
de batata

na pele também não serve
como tratamento caseiro
 para estrias. Esse atrito
não consegue estimular
a produção de fibras
colágenas e elásticas.



A vitamina C

é uma antiga aliada de quem sofre com estrias.
No entanto, aquela que
está presente no suco de
limão não consegue agir
direto na pele. Ela só
ajuda se a substância for
estabilizada em laboratório,
contida em cremes.



A manteiga de cacau

é hidratante, e dá
impressão de que as
estrias melhoraram.
Mas não tem um efeito
direto no tratamento,
apenas deixa a pele com
uma aparência melhor.

O mesmo princípio vale
para a manteiga de karité.
É apenas interessante
usá-la como coadjuvante
da cicatrização após o
tratamento com laser
fracionado.



O azeite

também é um hidratante
natural. Por isso que passá-
lo na pele dá uma sensação
de que as estrias foram
amenizadas. No entanto,
esse alívio é temporário.



Passar clara de ovo na
pele melhora as estrias?


Não. A substância do ovo
responsável por restaurar
o colágeno não penetra
na pele.



O importante saber é
que, antes de optar por
esses tratamentos, a
conversa com um
dermatologista é
indispensável!

CURTIU? 

Clique aqui e leia mais
no Minha Vida!