Unha encravada: causas, como evitar e tratamento

A unha encravada, também chamada de onicocriptose, ocorre quando a borda da unha cresce e entra na pele do dedo - causando dor, vermelhidão e inchaço na região.

Ela ocorre geralmente no dedão, mas qualquer dedo pode ser afetado.

A unha encravada pode ocorrer quando uma pressão extra é colocada sobre o dedo do pé. Essa tensão geralmente é causada por sapatos muito apertados ou muito largos.

Causas

Se você pratica corrida, até sapatos não tão apertados podem causar essa pressão extra.

Unhas não cortadas corretamente também podem resultar em unhas encravadas. Se a unha é cortada muito curta ou em formato arredondado, as bordas podem crescer para dentro da pele.

Algumas pessoas nascem com unhas curvadas que tendem a nascer para baixo. Outras têm a unha muito grande em relação ao dedo. Friccionar o dedo ou outras lesões também pode levar à unha encravada.

Consulte um médico se não conseguir cortar a unha encravada, tiver dor intensa, inchaço, febre, diabetes, dano nos nervos, má circulação ou infecção em torno da unha.

Consulte um médico

Além do uso de antissépticos e antibióticos, em casos mais graves, você pode adotar os seguintes métodos para cuidar da unha encravada em casa:

Cuidados caseiros

Deixar o pé em água morna de três a quatro vezes ao dia, massagear cuidadosamente a pele inflamada, colocar um algodão molhado com água ou antisséptico em cima da unha.

Para cortar a unha: deixe o pé em água morna para amolecê-la, use um cortador limpo e afiado, corte a unha em formato reto e use sandálias até o problema melhorar.

Aprenda como cortar a unha para evitar unha encravada em Minha Vida!

Clique aqui e leia mais